sábado, 26 de outubro de 2013

BRINCAR DE AMAR



BRINCAR DE AMAR
(RÔ Campos)
(RÔ CAMPOS)

Por que deixamos passar tanto tempo?
Já não somos tão jovens
Já não temos o tempo
Já não temos nem tempo
De brincar de viver.

Por que desistimos da gente
Dos dias de vinho, de licor
Das noites altas, do carinho
Desistimos até mesmo
De fazer amor?

Por que vieste me ver ontem, assim, de repente
Com tanto brilho nos olhos e cheio de alegria?
Eu, que já só te via nos sonhos
Nas palavras de meu amigo Antonio?
Terás sonhado comigo
Ou desejado a paz do meu sorriso?

Por que entraste de novo na minha vida?
Por que saíste em seguida?
Por que desististe de voltar, se era a tua vontade?
Por que não voltas, mesmo mentindo?
Pra gente brincar de amar,
Pra gente brincar de viver.

Nenhum comentário: