segunda-feira, 7 de junho de 2010

LIVRO: O PAR PERFEITO

O poema abaixo escrevi há tempo. No meu perfil, no orkut, coloquei-o como "o par perfeito". É ou não é??

PAR PERFEITO: "O LIVRO"

Você o compra, leva-o, sem nada perguntar-lhe, e ele fica calado
Você o abre, começa a lê-lo, e ele então fala, mas você o escuta porque quer
Você o fecha e deixa-o em um canto qualquer, e ele nunca reclama
Você o pega de volta quando bem entende, e ele sempre continua ali à sua espera
Você viaja pelo mundo, aprende grandes lições, e ele nunca lhe cobra nada
Você não sai do lugar, pode até mesmo não ir à escola, e ele sempre será um grande mestre
Você o empresta a terceiros, ele se vai, e também fica
Você sofre de insônia, e ele preenche suas horas mortas
Você está triste, e ele lhe abre as janelas para o entendimento
Você está alegre, e ele lhe ensina que tudo é passageiro
Você quer morrer, e ele lhe diz que o melhor é viver
Você quer viver, e ele lhe diz: viva e deixe viver!
Você quer odiar, e ele lhe pergunta: pra quê?
Você quer amar, e ele lhe diz:
Amar é viver!

Nenhum comentário: