quarta-feira, 18 de setembro de 2013

AS BÊNÇÃOS DE OYÁ


(RÔ Campos)

Oyá, Oyá
O vento bateu forte
Era rio, e era mar.

Oyá, Oyá
Hoje clamei por ti
E recebi tua proteção.

Oyá, Oyá
Outra filha também te chamou
Pra apaziguar a fúria de Xangô.

Oyá, Oyá
Arremeteste o grande pássaro
Que voltou a riscar o céu.

Oyá, Oyá
O dia ficou mais lindo
Quando o pássaro pousou.



Nenhum comentário: